rosto-passos.jpg

Tutorial – Como desenhar um Rosto Passo a Passo

Aqui está mais um tutorial completo que mostra todos os passos para se desenhar um retrato realista, ideal pois aqui estão expostas as bases necessárias para seu aperfeiçoamento. Mas caso você ainda seja um iniciante, sugiro que antes pratique os tutoriais de base citados abaixo, que lhe darão a base que você precisa, e assim obter mais facilidade na execução das técnicas especificadas no tutorial :

“O aperfeiçoamento exige de nossa parte muito esforço e dedicação! Não é possível estar entre os melhores sem passar por todos os caminhos duros da aprendizagem! ”  (Ornam MMaia)

Técnica de Sombreamento em Círculos

Treinando Técnicas de Sombreamento!!!

Como usar o Boleador em desenhos à Grafite

Desenhando Elipses

Tutorial – Como desenhar uma boca e como desenhar os dentes a Grafite

Tutorial – Como desenhar um Olho Realista

Tutorial – Como desenhar Nariz

Após você adquirir o conhecimento básico necessário sobre sombreamento você já está pronto para começar a fazer belos retratos. Você pode usar um papel oficio mesmo, e será interessante variar nas opções de lápis do 2H para o 7B.

Aqui foi desenhada a bela Kelly Monaco. Esta imagem eu encontrei na internet, e você pode escolher outra imagem, ou pode baixar o pacote de imagens que disponibilizo para download!

Vamos aos Passos

rosto passos

Passo 1 – Primeiramente você precisará fazer o esboço básico do desenho.  Faça o contorno com traços

ATENÇÃO: Este post ainda não acabou, Continue Lento Clicando no Link abaixo!

suaves, pois é mais pratico e não correrá o risco de prejudicar o desenho como acontece quando fazemos o traço forte, e não conseguimos cobri-ló ou apaga-ló completamente. Para este contorno, você pode usar o lápis HB, pois ele não é nem muito escuro, e nem muito claro de forma que você também tenha dificuldade de visualizar. Esta etapa é muito importante e é fundamental que já estabeleça uma semelhança no desenho esboçado.

 Se o esboço não se parece com a pessoa, o seu produto final também não irá parecer.

Então, tome o tempo necessário e utilize também dos seus recursos disponíveis para obter as proporções corretas. Não é incomum que você venha a gastar algumas horas para elaborar seu esboço, não faça rápido de mais de forma que se atropele nos detalhes.

Dica - Não use um lápis duro de mais (por exemplo: 5h, 2H) para linhas ou grades. Eles vão afundar  o papel e mostrar-se mais tarde, quando você estiver sombreando. Se o Papel afundar, você está encrencado!!  hehehe

Cabelo

Passo 2 – Em seguida comece a trabalhar o cabelo. Prefiro começar de cima para baixo, da esquerda para a direita, assim como fazemos quando estamos lendo. Isto é importante, pois garante que você não precise colocar a mão em cima de uma parte que já foi trabalhada (Se for canhoto, comece do lado direito). Não vou gastar muito tempo explicando muito cabelo, já que este é um tutorial, que falaremos um pouco sobre cada parte (mais detalhes sobre como fazer cabelo vide os demais tutoriais) .

Mas o principal é  prestar atenção à forma que o cabelo está fluindo. Nesta imagem, a Kelly está com  o cabelo muito escuro, e para este cabelo podemos usar o lápis 3B – 7B. Uma lapiseira permite adicionar os detalhes e o lápis 7B permite revelar as áreas escuras, aumentando o contraste.


Passo 3 – Para dar seguimento ao cabelo, gostaria de lembra-lo de que você precisará fazer com muita paciência, pois o que fará seus trabalhos se diferenciar dos outros são os pequenos detalhes. Se você caprichar, o cabelo pode levar até o mesmo tempo de execução, do restante do rosto.

Observe o cabelo é definida os tons diferentes, conforme a fonte. Importante, o cabelo não são não linhas aleatórias. Se você simplesmente rabiscar um monte de linhas em seu papel, os cabelos ficarão lisos (ou crespos [srsr]) e pouco realista. Você pode usar o lápis 3B para a maioria dos pêlos e fazer traços largos no sentido que o cabelo está fluindo.

Não se usa esfuminho para misturar o grafite na elaboração do cabelo, pois o que tem que se destacar são os detalhes dos fios.

As zonas mais escuras em torno devem ser destacas em primeiro lugar e, em seguida, ir fazendo os tons mais claros. Geralmente os destaques no cabelo são mais escuros na parte de trás e mais brilhante para a frente. As luzes serão as partes que ficaram sem preenchimento com grafite. Tome muito cuidado para não pintalas. Se ao olhar o cabelo desenhado, ele não estiver com boa aparência, é porque ainda precisará ajustar os tons para chegar no contraste correto. E importante fazer os destaque das partes claras e escuras, mas não podemos nos esquecer dos meio tons, os tons de transição. Se você  manter o desenho fluindo em tons em degradês, você terá feito ao final um desenho realista.

Passo 4 –  A primeira área que eu vou sombrear no rosto é a testa. Então, termine todo o cabelo do seu contorno. Lembra quando eu disse que o cabelo pode demorar um pouco? Eu trabalhei cerca de 6 horas no cabelo e ainda estou longe de terminar.

Testa

Passo 5 – Sempre que eu começo a trabalhar uma face, a primeira coisa que faço é identificar onde as áreas mais claras estão. Quando você encontrar essas áreas faça riscos bem de leve demarcando sua posição. Esses destaques são normalmente encontrados na testa, bochechas, ponta do nariz, lábio inferior e no queixo. Veja que foi feito os destaques claros na testa, agora não se esqueça  que o resto tem que ser mais escuro do que estes destaques que você destacou.

Agora com o lápis H, risque levemente e na sequencia passe o esfuminho para deixar uniforme. Se você não vê as outras parte mais escuro do que os seus destaques, é porque você ainda tem que escurecer um pouco mais. Depois de fazer isso, vai sombreando formando sempre um degradê nas sombras, fazendo uma ponte entre a parte clara e a parte escura

Dica – Aqui você pode aplicar a Técnica de Sombreamento em Círculos e assim buscar uma boa aparência para a pele. Se você escurecer muito em alguns pontos, você pode tirar o excesso de grafite utilizando uma borracha limpa tipos, você faz uma bolinha com ela, e vai apertando ela levemente com movimentos rápidos em cima do grafite.


Passo 6 – Se observar no desenho abaixo, veras que deixei o destaque de luz bem evidenciado com o sombreamento escuro ao seu redor, o qual vai se tornando mais escuro conforme se distancia da luz. O sombreamento ao redor do couro cabeludo é importante, se não o desenho vai parecer que o cabelo não é da pessoa, que é uma peruca muito mal colocada! Além deste sombreamento ao redor da parte com cabelo, você tem que dar muita atenção aos pequenos fios que se destacam na raiz do cabelo, e dos pequenos fios rebeldes que teimam em ficar soltos fora de sua mecha!

Dica - Faça pausas quando você está desenhando. Às vezes, quando você olha para algo por muito tempo sua mente começa a jogar truques em você. Trabalhe no seu desenho por algumas horas, faça uma pausa e voltar mais tarde, com olhos frescos.  Desta forma você até manda embora aquela preguiça que fica te dizendo para fazer mais rápido sem tanto capricho!! srsr

OLHO

Passo 7 – Que tal começarmos o olho esquerdo agora? Não vou gastar muito tempo explicando os olhos porque eu já tenho um tutorial específico ensinando Como desenhar um Olho Realista.

Primeiro acerte o contorno com um lápis 3B. Faça a Íris com o lápis na graduação conforme o tom do olho. Uma das coisas que é importante para o olho ser bem realista é que você passe o esfuminho acertando os tons na ires (este processo é muito delicado). Geralmente, haverá destaques brilhantes nos olhos  e sombra ao redor deles e você não pode jamais ignorar isso. Se quiser você pode fazer os destaques maiores que eles são, dará um visual legal. E é melhor você fazer maior, e se precisa diminuir, do que fazer pequeno e caso precise aumentar, você não vai conseguir. Eu sempre faço mais escuro o tom em torno destes destaques de luz para melhorar o contraste. Isso faz com que os olhos pareçam brilhar mais.

Em seguida escureça debaixo da pálpebra superior. Isso indica uma sombra da pálpebra. Eu também escurecer no centro do olho.

Importante: Os “brancos” dos olhos não são realmente brancos. Você deve escurecer um pouco com a sujeira que já existe na ponta do seu esfuminho. O branco do olho deve ser mais escuro que os destaques de luz no desenho. Haverá uma sombra da pálpebra superior também. Preste atenção aos tons da foto de referência. As respostas estão lá, você só precisa os ver e os assimilar.

Bochecha esquerda

Passo 8 – Em seguida, iniciamos a bochecha esquerda. Está é uma das partes mais gostosas de se fazer, pois se você já tiver um bom controle dos tons, fará com facilidade. Lembrando que primeiramente você deve localizar o local mais claro e cuidar para não preenche-lo. Para sombrear, você pode passar um lápis 2b e depois esfuma-lo com esfuminho ou pedaço de algodão ou até mesmo tecido. Assim como a testa, estamos fazendo um gradiente que vai ficando mais escuro conforme nos aproximamos das laterais do rosto. Você pode trabalhar até a sombra mais escura do nariz.

NARIZ

Passo 9 – O nariz pode ser uma encrenca para muitos artistas, especialmente para os novatos. Só tente se lembrar que o nariz nada mais é do que outra parte do rosto formado por tons diferentes, representando o contorno e profundidade do esquema. Podes começar com o sombreamento da ponte do nariz com grafite H. É bem possível que haja um destaque sutil na ponta do nariz, e para destaca-lo ainda mais, você pode escurecer um pouco mais que o normal em sua volta. Em seguida, sombreie fazendo a ponte com grafite B, deixando ligeiramente mais escuro do que a área da ponta. Faça um gradiente sutil para as bordas exteriores do nariz e da bochecha. Se uma área do sombreamento parece parar abruptamente, você precisa melhorar esse degrade de tons, podes fazer isso com um esfuminho.

Olho

Passo 10 – Agora vamos para o outro olho. Tal como antes, gostaria de começar estabelecendo o tom com um lápis 3B sobre a íris e mistura-lo com um esfuminho. Sombreie depois todos os destaques do olho e somente depois disso faça a parte mais clara. Apenas com a ‘sujeira’ de grafite na ponta  do esfuminho você consegue fazer  sombra mais clara dos olhos. Lembre-se que o brilho mais claro será o branco do papel, neste lugar cuide para não borrar com grafite.

Você deve desenhar os cílios também, mas tenha cuidado para não torná-los muito escuros. Um bom lápis seria o HB. Os cílios não são perfeitas e espaçados, pode faze-los meio que aleatório. Coloque um tom bem claro no “branco do olho”, fazendo sua sutil sombra, pois como já vimos o branco do olho não é totalmente branco.

Dica – Para a maioria dos meus retratos eu acrescento um pequeno destaque, no encontro da íris com a pálpebra inferior.Isso ajuda a alcançar esse olhar úmido.

Face

Passo 11 – Agora trabalhamos à bochecha. Para definir o tom, você pode  usar um lápis 3B ou 4B para as partes mais escuras, e depois espalhar com o esfuminho para as partes mais claras, apenas usando a sujeira de grafite da sua ponta. O importante a se lembrar é que quase tudo em um desenho é feito com degradês, tons claros fluindo em tons mais escuros e vice-versa. Pelo que você pode verificar, no geral, os tons vão ficando mais claros a medida que se aproximam do centro das “Maçãs” do rosto.

Passo 12 – Após o queixo, use novamente o  3B para os tons mais escuros, como o maxilar e as bordas e espalhe com o esfuminho para as partes mais claras. Se o assunto está sorrindo como é o caso da minha referência, haverá dobras na pele, as quais terão um tom acentuado bastante contrastante. Estas dobras serão mais escuras.

Certifique-se de que você está fazendo toda a região da mandíbula mais escura do que os destaques em ambas as bochechas e no nariz. A minha fonte de luz está vindo de cima, e isto causa uma sombra debaixo do nariz. Essas sombras sempre vão depender de onde vem a fonte de luz! Você pode usar na sombra desta área um lápis 3B.


Passo 13 – E importante, a medida que você vai descendo o desenho no rosto, que o cabelo acompanhe o rosto , pois se deixar para fazer todo o cabelo depois, você terá que apoiar a mão sobre o rosto já pronto, e causará perda de qualidade do desenho! E também não faça demais o cabelo, correndo o risco de ter que apoiar a mão na parte feita do cabelo, quando tiver dando continuidade no desenho do rosto.

As vezes as pessoas reclamam que seus desenhos não ficam limpos, ficam cheios de borrões, e o motivo é este: Apoiam a mão em cima de partes onde o grafite já foi aplicado.

Agora eu estou longe o bastante com o cabelo do lado esquerdo e posso voltar a trabalhar no rosto.
Dica – A borracha caneta é uma ferramenta útil ao trabalho no cabelo. Você pode usá-la para apagar pequenos fly-away, adicionando detalhes e realismo ao desenho.


Passo 14 – Voltamos a trabalhar na região da mandíbula e da boca, do lado direito desta vez. Podemos começar por baixo, que a parte com tons mais escuros ao longo da linha do queixo, e não se esquecendo de acentuar as linhas de riso e ondulações. Na continuidade, faça igual das outras vezes, com um esfuminho vá sombreando sutilmente e mantendo o gradiente claro-escuro entre as partes!

LÁBIOS

Passo 15 – Em seguida, passamos para os lábios. Se observar, quase sempre, o lábio superior será mais escuro, por isso, você pode usar um 3b para aplicar o tom . Mas preste atenção, que o lábio sempre é escuro nas pontas e conforme vai se aproximando do meio, vai ficando mais claro, então vá maneirando no sombreamento. As partes mais escuras do lábio superior serão as das bordas externas.

Para o lábio inferior, que é mais claro, use o lápis B  nas pontas e espalhe para as partes mais claras com esfuminho. Eu começo colocando uma camada uniforme de grafite B para baixo. Abaixo do lábio inferior, existe uma sombra, não à ignore!

CHIN

Passo 16 – Finalmente chegamos ao fim do rosto e próximo ao fim do nosso desenho.

para preencher o queixo, use um grafite H, ou B e use também o esfuminho para espalhar a sombra, conforme a referencia.

Pescoço

Passo 17 – Dependendo de onde a fonte de luz está vindo, pode haver uma sombra no pescoço do queixo. Este é o caso deste desenho. Para fazer esta sobra escuna no pescoço, utilizo 3b. Como você sabe o quão escuro para ir com essa sombra? Compare os tons do rosto com a área sombreada, e assim pode ter um parâmetro para medir se chegou ao tom esperado. Você também pode procurar em outras partes do desenho, lugares com o mesmo tom, e assim comparar.

Também já me adiantei para o ombro do lado esquerdo, alongando o cabelo para acompanhar o desenho. No acabamento, deixei uma finalização elegante, com um olhar bem artístico, onde na parte inferior do desenho, o desenho realista vai se transformando em traços de um desenho comum.

Veja que no desenvolvimento do cabelo na altura do queixo para baixo, fui clareando com um degradê, e para isto usei a escala dos lápis 2h, 3h e 5h.


Passo 18 – Faça o mesmo do passo 17 agora para o outro lado, e já pode começar a sombrear a parte clara do busto, usando um lápis H, e espalhando com esfuminho! Atente-se as pequenas sombras mais sobressalentes, e faça!

Dica: Essas partes claras ~geralmente não são uniformes, e as suas variações devem ser consideradas!

Dica: Apos terminar o desenho, aplique uma camada de verniz em spray. Isto faz com que o grafite não continue espalhando e borrando o desenho!

Do início ao fim desse desenho foram cerca de 20 horas ao longo de vários dias, trabalhando apenas algumas horas de cada vez.

FONTE: Este artigo foi baseado na obra de Brian Duey. Todas as imagens são de sua autoria. Aqui adaptei o texto com minhas próprias interpretações, e adicionei mais instruções com o intuito de torna-lo mais didático.

++ vEjA mAiS ReLAcIonAdOs

>>Tutorial – Como desenhar Nariz<<

>>Desenhando Pelos de animais – Dicas de MJ Sibley<<

++ vEjA mAiS diVErsOs

>>Seja Assinante desse Site Gratuitamente<<

>>Agora você já pode encomendar seu Desenho Realista<<

Siga-me nas minhas redes Sociais:

FacebookOrkutTwitter

Divulgue, publique o link em seu Facebook, Twiter, Orkut!…

About these ads

91 comentários em “Tutorial – Como desenhar um Rosto Passo a Passo

  1. Gente o esfuminho você pode fazer em casa.Olhe abaixo.
    Eu compro revista falando sobre desenho,Eduardo Schloesser(eu também me chamo Eduardo)falou isso em uma revista:
    -Você pode fazer o esfuminho usando um palito no algodão como se fosse um cotonete,pode até mesmo usar o propio cotonete.
    Você passa algodão-cotonete nos lugares que quer esfumaçar. XD Boa dica XD

    Curtir

  2. olá ORNAM, muito obrigado pelas dicas de como desenhar um rosto começando pelo cabelo,até chegar ao fim,infelizmente não tenho como imprimir esta aula tão perfeita, estou tentando dar vez a un garoto de 12 anos, que é modelo e quer ser desenhista. Meu blog é:
    dilalemos.blogspot.com e o meu e-mail é: dilaclemos@gmail.com por onde vc poderá me enviar esta aula tão importante. como lhe disse antes tenho 76 anos e tive um AVC que me paralisou o lado esquerdo.
    muito obrigado meu filho, e que Deus lhe pague.
    dilermando

    Curtir

Deixe seu Comentário, Crítica ou Elogio

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s